Últimas Notícias

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Especial Alicia Keys: o relacionamento da cantora com o Brasil e o poder dos fãs

Com 15 anos de carreira e diversos hits, Alicia Keys conquistou base de fãs em todo o mundo. O Brasil, claro, não fica de fora da AKFam e possui membros ativos, mas a diferença para outros países
é que por poucas vezes tivemos a oportunidade de ver Alicia em carne e osso.
A primeira vez da cantora no Brasil foi justamente para a gravação de “Put It In a Love Song”. A música em parceria com Beyoncé está no álbum “The Element of Freedom” e deveria ter ganho um clipe dirigido por ninguém menos que Melina Matsoukas em 2010 quando as duas estrelas dividiram os holofotes no Rio de Janeiro. As gravações aconteceram em fevereiro daquele ano e até hoje, seis anos depois, a produção continua engavetada. Segundo Alicia, questões criativas levaram ao arquivamento do projeto.

A vinda de Alicia ao Brasil naquele ano não foi a toa. Ela sabia da grande mobilização criada pelos fãs no Brasil que chegaram a gravar vídeos e usaram as redes sociais para que a cantora viesse ao país pela primeira vez. Alicia veio, gravou o clipe e, infelizmente, deixou o Brasil sem show, mas com boa impressão.
“Quando ela chegou os seguranças não queriam deixar que os meninos [do fã clube] chegassem perto dela. Ela como sempre, pediu licença e atendeu A TODOS: um por um. Tirou fotos e deu autógrafos a todo mundo. Ficaram doidos”, disse Emile Rocha, uma das integrantes da AKFam no Brasil.
> Especial Alicia Keys: o amadurecimento musical e os sucessos
A divulgação do “The Element Of Freedom” acabou, Alicia entrou de férias e veio “Girl On Fire”, quinto disco da cantora, e com uma nova movimentação dos fãs. A AKFam aproveitou que no ano seguinte do lançamento aconteceria mais uma edição do Rock In Rio – e com Alicia Keys em turnê – e intensificaram os pedidos. “A gravadora sofreu muuuuito com nossos pedidos, a equipe dela TODA! Íamos para o Twitter e pedíamos… eram milhares de tweets p ela e DJ [Walton] (tour manager dela)”, disse sobre a insistência que não poupou nem possíveis empresas patrocinadoras. “Começamos a pentelhar todos esses empresários brasileiros para termos mais shows. Mandamos tweets, emails, mensagens no Facebook… fizemos um escarcéu”. Deu certo!
Em 2013, Alicia fez três shows no país. No dia 15 de setembro daquele ano, a cantora foi a segunda headliner da noite do Rock In Rio sucedendo o show de Jessie J e antecendo a Justin Timberlake. Ela também se apresentou em Porto Alegre e São Paulo com ingressos esgotados.
alicia-keys-rock-in-rio

“Em 2008, depois que a conheci pessoalmente na tour ‘As I Am’ intensificamos muito a divulgação porque ela me disse que morria de vontade de vir aqui por saber que tinha muitos fãs e da fama do público brasileiro nos shows…. Chorei feito uma besta quando a vi entrando no palco do Rock In Rio… era como se meu grande projeto tivesse sido concretizado. O Brasil estava cantando com Alicia Keys”, comentou Emile (da direita).

Agora, Alicia está em uma nova fase. “Here” foi lançado na semana passada e o POPline foi o único veículo de comunicação brasileiro a prestigiar o lançamento oficial na Sony Music, em Nova York. Em entrevista exclusiva, Alicia voltou a garantir uma visitinha. “Quero muito, mesmo [voltar]! Mal posso esperar por voltar, mal posso esperar para me apresentar. Mal posso esperar por ver vocês e… já tem um tempinho, eu sei… tenho saudades”, disse.
Disposição, a AKFam brasileira tem e está novamente a postos para uma nova campanha. “Já estamos programando um novo movimento assim que ela lançar as primeiras datas da nova turnê porque sabemos que os shows na América Latina geralmente são os últimos incluídos! Como sabemos que ela amou o Brasil e sabe que AKFam daqui a ama, tenho certeza que ela vai fazer o possível! E nós faremos a nossa parte para que ela retorne com a nova tour”, disse decidida.
Alguém tem dúvida do poder do amor de fã?

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...